Como realizar a contabilização de autônomo por RPA?

Para realizar a contabilização de autônomo por RPA. 
 
Parâmetros
1 - Acesse o menu CONTROLE, clique na opção PARÂMETROS;
1.1 - Na guia GERAL, subguia CÁLCULO, no campo RATEIO POR SERVIÇO, selecione a opção ‘Sim’;
1.2 - Na guia CONTABILIDADE, subguia OPÇÕES, no quadro CONFIGURAÇÕES;
 
 
1.3 - Na linha do tipo de cálculo RPA, selecione a opção:
  • ‘Data do Pagamento do RPA’, para gerar a integração do Autônomo utilizando o item criado ‘Líquido RPA’. Dessa forma será gerado o lançamento individualizado conforme o pagamento de cada RPA;
  • ‘Data do pagamento da folha mensal’, para gerar os lançamentos contábeis conforme data de pagamento definida para o cálculo da folha mensal, configurados na janela CONFIGURAR INTEGRAÇÃO, na guia FOLHA;
  • ‘Final do mês’, para gerar os lançamentos contábeis no final do mês conforme configurado na janela CONFIGURAR INTEGRAÇÃO, na guia FOLHA;
1.4 - Clique no botão [Gravar].
 
Configurar Integração
2 - Acesse o menu ARQUIVO, submenu CONTABILIDADE, clique na opção CONFIGURAR INTEGRAÇÃO;
2.1 - Na guia FOLHA, criar ou vincular ao lançamento de RPA o item ‘Liquido RPA’;
 
 
OBS: O item ‘Liquido RPA’, somente será integrado quando nos parâmetros da empresa, na guia CONTABILIDADE, subguia OPÇÕES, no quadro CONFIGURAÇÕES, na linha do tipo de cálculo RPA estiver selecionada a opção ‘Data do pagamento do RPA'.
 
OBS: A variável ‘Líquido RPA’ deverá utilizar a soma dos campos ‘Rendimento bruto’ e ‘Outros proventos’ da tela de ‘RPA - Novo’ diminuído dos campos ‘Valor ISS’, ‘INSS Frete SEST’, ‘INSS Frete SENAT’, ‘Pensão alimentícia’, ‘Outros Descontos’ e ‘Valor de IRRF’ de cada RPA.
 
2.2 - Clique no botão [Gravar].
 
Cadastro Contribuintes
3 - Acesse o menu ARQUIVO, clique na opção CONTRIBUINTES;
3.1 - No campo SERVIÇO, informe um serviço que possua o tipo ‘Tomador de serviço’;
3.2 - Informe os demais dados do cadastro do contribuinte, e no quadro INFORMAÇÕES CONTRATUAIS, nos campos:
  • CATEGORIA SEFIP, selecione a opção ’13 - Trabalhador autônomo com contribuição sobre remuneração’ ou ‘16 – Transportador autônomo com contribuição sobre salário-base’;
  • RUBRICA, selecione uma das rubricas padrões do sistema, como 100 - PRÓ-LABORE (que possui base de cálculo, INSS, FGTS e IRRF) ou a 8213- OUTROS PROVENTOS RPA (não possui base de cálculo);
 
3.3 - Clique no botão [Gravar].
 
RPA
4 - Acesse o menu PROCESSOS, clique na opção RPA;
4.1 -Nos campos COMPETÊNCIA e CONTRIBUINTE, informe respectivamente a competência e o código do contribuinte;
4.2 - Clique no botão [Novo...];
4.3 - Informe os dados do RPA;
 
 
4.4 - Clique no botão [Gravar].
 
Integração
5 - Acesse o menu PROCESSOS, clique na opção INTEGRAÇÃO CONTÁBIL;
5.1 - No quadro COMPETÊNCIA, informe a competência que o RPA foi cadastrado;
5.2 - Clique no botão [Gerar];
5.3 - Verifique que os valores da RPA serão integralizados com a contabilidade, e clique no botão [Gravar].
 
 
OBS: Caso seja cadastrado um novo RPA com a mesma data já existente, os valores serão somados e integrados sobre a soma dos valores da referida data.
 
Pagamentos
6 - Acesse o menu PROCESSOS, clique na opção PAGAMENTOS;
6.1 - Na guia FOLHA, selecione o tipo de cálculo ‘Autônomo Mensal’ e clique no botão [Pagar...];
6.2 - Informe os dados para o pagamento do imposto, e clique no botão [Gravar].
 
 

null

Marcar todos como lidos